Gomas de mascar

Segunda em participação no faturamento de Bomboniere, com 28,7% de share, a subcategoria Gomas de Mascar apresenta ampla variedade de sabores, versões e embalagens. A maior fatia das vendas está concentrada nos produtos de dois fabricantes: as gigantes Mondelez, dona das marcas Trident, Bubbaloo, Chiclets, Plets e Clorets, e Perfetti Van Melle, especialmente com a marca Mentos.

A indústria de Gomas de Mascar tem investido em inovações e em produtos de maior valor agregado, além de aumentar a oferta de produtos sem açúcar, atendendo a crescente demanda dos consumidores preocupados com sua saúde e bem-estar.

Os chicletes se apresentam em drágeas, sticks, pastilhas, cubos. Podem ser recheados e ter várias camadas. Podem ser com ou sem açúcar. Ser de bola ou não. Ter longa duração ou alta refrescância. O importante é cair no gosto do consumidor!

Resultados de 2018

Mercado Total de Lojas de Conveniência

  • No Mercado Total auditado pela Nielsen em 2018, Gomas de Mascar representaram 28,7% da categoria Bomboniere.
  • Desde o ano de 2015, as três primeiras colocações no ranking de fabricantes permanecem iguais, com a liderança da MONDELEZ, seguida da PERFETTI – VAN MELLE e da ARCOR. A RICLAN alcançou o 4ª lugar em vendas, trocando de posição com a SANCHEZ CANO.
  • O ranking das marcas se manteve exatamente como em 2017. TRIDENT, MENTOS, CHICLETS, BUBBALOO e CLORETS ocuparam as cinco primeiras colocações.
  • Oito dos dez primeiros itens no ranking de produtos são da marca TRIDENT, dois são Mentos.
  • TRIDENT, INDIVIDUAL, MENTA, 05 UNIDADES, TRIDENT BASE, STICK, CHEWING GUM;
    TRIDENT, INDIVIDUAL, HORTELA, 05 UNIDADES, TRIDENT BASE, STICK, CHEWING GUM; e TRIDENT, INDIVIDUAL, INTENSE, 05 UNIDADES, TRIDENT FRESH, STICK, CHEWING GUM foram os produtos que figuraram no topo do ranking, nesta ordem.
  • MENTOS, INDIVIDUAL, WINTERGREEN, 25 UNIDADES OU MAIS, PURE FRESH, PASTILHA saltou da 10ª para a 4ª posição.

RANKING FABRICANTES - GOMAS DE MASCAR

2017 2018
MONDELEZ INTL 1 1
PERFETTI - VAN MELLE 2 2
ARCOR 3 3
RICLAN 5 4
SANCHEZ CANO 4 5

Fonte: Nielsen

RANKING MARCAS - GOMAS DE MASCAR

2017 2018
TRIDENT 1 1
MENTOS 2 2
CHICLETS 3 3
BUBBALOO 4 4
CLORETS 5 5
HAPPYDENT 6 6
BIG 7 7
PLETS 8 8
FINI 9 9
TOP LINE 10 10

Fonte: Nielsen

RANKING PRODUTOS - GOMAS DE MASCAR

2017 2018
TRIDENT,INDIVIDUAL,MENTA,05 UNIDADES,TRIDENT BASE,STICK 1 1
TRIDENT,INDIVIDUAL,HORTELA,05 UNIDADES,TRIDENT BASE,STICK 2 2
TRIDENT,INDIVIDUAL,INTENSE,05 UNIDADES,TRIDENT FRESH,STICK 3 3
MENTOS,INDIVIDUAL,WINTERGREEN,25 UNIDADES OU MAIS,PURE FRESH,PASTILHA 10 4
TRIDENT,INDIVIDUAL,HERBAL FRESH,05 UNIDADES,TRIDENT FRESH,STICK 9 5
TRIDENT,INDIVIDUAL,MENTA,14 UNIDADES,TRIDENT BASE,STICK 4 6
TRIDENT,INDIVIDUAL,TUTTI FRUTTI,05 UNIDADES,TRIDENT BASE,STICK 5 7
TRIDENT,INDIVIDUAL,CANELA,05 UNIDADES,TRIDENT BASE,STICK 8 8
MENTOS,INDIVIDUAL,FRESHMINT,25 UNIDADES OU MAIS,PURE FRESH,PASTILHA 12 9
TRIDENT,INDIVIDUAL,MORANGO,05 UNIDADES,TRIDENT BASE,STICK 6 10

Fonte: Nielsen

*As informações presentes na seção “Sobre o mercado” referem-se ao mercado brasileiro, e não especificamente ao canal de lojas de conveniência.

Dona do Mentos cresce com produto sem açúcar

“A multinacional ítalo-holandesa Perfetti Van Melle, dona das marcas Mentos, Fruittella e Chupa Chups, registra neste ano desempenho acima da média do mercado de balas e gomas, impulsionada pelos produtos sem açúcar(…).”

Publicado em 15/10/2018
Fonte: site do jornal Valor Econômico

Saiba Mais

Busca por estilo de vida mais saudável pressiona indústria de alimentos no País

“A mudança no perfil de consumo de alimentos e bebidas se tornou um desafio para as grandes indústrias desses setores – lá fora e aqui no Brasil. Segundo a consultoria Euromonitor, o consumo de refrigerantes no mercado brasileiro projetado para 2022 estará 20,3% abaixo do que se via em 2012. Na mesma comparação, a demanda por chicletes terá queda de 20,9%, enquanto a categoria geral de doces vai recuar 19,6%. A indústria que se expandiu com o desejo do brasileiro de experimentar novas categorias agora está sendo obrigada a se adaptar a novos tempos, em que o apelo saudável será o nome do jogo. (…).”

Publicado em 08/04/2018
Fonte: site do Estadão

Saiba Mais